O difícil é enfrentar o erro de não se previnir

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Comigo não... Justo eu?

A semana que passou e o início desta foi um período bem difícil para mim. Entrei de cabeça na fase da negação e fiquei muito, mas muito deprimida. Revoltada!!!! Por que eu? Por que comigo, meu Deus!

Fiquei me imaginando entrando na cirurgia, no pós-operatório, o que eu vou encontrar no espelho quando tudo isso passar? Como vou passar por tudo isso? Passei vários dias assim, sofrendo por antecipação... Será que vou mudar muito? Será que vou ficar enorme de gorda e careca, cheia de cicatrizes? Vou perder meus seios... Meu Deus!!!!!!!

Hoje comecei a recobrar as minhas forças... Graças a Deus... Pois, não seria nenhum pouco justo me revoltar com tudo isso, quando tenho uma legião de amigos e minha família que rezam e torcem por mim. Não seria justo. Tenho que honrar todo este carinho que estou recebendo por todos os lados. Este sentimento me ajudou a levantar da cama hoje.

Ninguém disse que seria fácil... Ninguém. Muito pelo contrário... Vai ser longo e difícil. E preciso manter o equilíbrio emocional e serenar meu ânimo. Estou com muito medo.

Domingo, por acaso, vi o início do chato do “Programa do Faustão”. E lá estava ele, quem eu realmente considero um grande atleta brasileiro, ao lado de tantos outros, contando sua “aventura” com o câncer no cérebro. E uma frase que o Oscar Schmidt falou, virou meu mantra: “Não é este tumorzinho que vai me pegar...”. Putz... Chorei...

Justo hoje, que resolvi sair da negação na marra, muitas coisas andaram no meu processo. Segunda via de exames, contatos, guias... A burocracia está destravando. E vou correr para que eu consiga resolver tudo o mais breve possível. E eu que duvidava de energias! Cada vez acredito mais! Energia boa para coisas boas!

Um dia por vez, um problema por vez... É assim que vou tentar viver até tudo isso passar. E não vou abandonar meu blog querido... Minha terapia diária que estava abandonada! Fiquei tão feliz! Mais de mil e seiscentas visualizações!  Tomara que gerem, pelo menos, 10% de novas mamografias!


2 comentários:

  1. Oi, Paty!!

    Uma coisa que sempre me "forço" a lembrar e ter em mente é agradecer. Agradecer por tudo, até por aquele vizinho FDP que arrasta móveis às 3 da manhã, porque alguma coisa vamos aprender com isso.

    E tem essa frase que você escreveu - e que TODO MUNDO que passa por algo ruim, muito ruim, fala direto: por que comigo, meu Deus? Sabe o que acho engraçado? Será que quem ganha na loteria fala isso? Será que quem foi contratado para o trabalho dos sonhos fala isso? Será que quem encontrou o amor da sua vida fala isso?

    Pensando assim, a gente vê como tem muitas bênçãos!

    Fica com Deus e foco na cura! Porque esse é o seu melhor remédio! ;-)

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lúcia! Obrigada pela força, tão importante para mim! Obrigada pela amizade! Um grande beijo para vc!

      Excluir